Entenda como a saúde bucal afeta o restante do corpo

Atendimento por Whatsapp

Nosso organismo é uma engrenagem perfeita. Tudo está correlacionado: saúde bucal e o corpo.

Manter em dia os cuidados com os dentes, língua e gengivas é primordial.

E não apenas em prol de um sorriso de cinema. Saúde bucal e o corpo andam juntos. 

Naturalmente, há centenas de tipos de bactérias que compõem a flora natural da boca.

Mas, se acontece algo que desequilibre esta natureza, os microrganismos podem acometer outras partes do corpo.

Sorrindo, natural, mulher jovem, fazendo, ioga Foto Premium

Em outras palavras, como a boca é uma verdadeira porta de entrada, é preciso redobrar os cuidados.

Maus hábitos de higienização bucal e a falta de visitas periódicas a um bom dentista são os principais vilões. 

No entanto, não estamos falando apenas de problemas como o mau hálito e a perda de dentes.

As consequências do descaso com a combinação entre saúde bucal e o corpo podem ser sérias. Confira!

Da boca para o cérebro

Estudos já comprovaram que pacientes que sofreram um acidente vascular cerebral (AVC) tinham problemas gengivais.

Portanto, não é errado imaginar que o acúmulo de placas de gordura que dá origem ao AVC tende a ser potencializado pelas bactérias da boca.

Da boca para o coração

Talvez pareça inimaginável, mas esta relação é muito possível. Se uma bactéria sai da boca e vai para a corrente sanguínea, ela pode se alojar no coração.

Em algumas situações, quando se instala no endocárdio, ocorre uma grave infecção.

Já no caso de lesionar a válvula do coração, embolia e insuficiência cardíaca são algumas das possíveis consequências.

Problemas na gestação 

Quando bactérias da boca circulam pelo organismo de uma gestante, elas podem se alojar na placenta. Nestes casos, uma das implicações poderá ser o prematuro nascimento do bebê.

Diabetes

A periodontite, grave inflamação nas gengivas, têm íntima relação com a alta glicêmica.

É por isso que diabéticos tendem a apresentar maior incidência desta enfermidade bucal.

Consequentemente, quando não se tem o hábito de manter as gengivas higienizadas e saudáveis, as chances de desenvolver diabetes são muito maiores.

Câncer

Ao primeiro sinal de inflamação na boca, é preciso correr para dar início a um bom tratamento.

Dependendo da gravidade, pode haver lesões nas células, muitas vezes irreversíveis.

Uma infecção não solucionada pode gerar a multiplicação de células malignas e os consequentes tumores e lesões cancerígenas. 

Prevenção é a palavra de ordem

Sorrindo, retrato, de, um, mulher jovem, em, espelho, segurando, escova de dentes, em, mão Foto gratuita

Nunca é demais relembrar as dicas básicas, porém essenciais, de limpeza diária do sorriso:

–  Após as refeições, escove os dentes e use fio dental;

– Durante a rotina de limpeza bucal, cuide para não machucar as gengivas;

– À noite, redobre os cuidados. As bactérias agem fortemente enquanto dormimos;

– Opte por alimentos saudáveis. Evite açúcares;

– É fumante? Que tal largar o tabaco em prol da sua saúde?

Você viu que saúde bucal e o corpo estão absolutamente correlacionados. Se é correto o ditado “mente sã, corpo são”, da mesma forma também podemos dizer que se o sorriso está são, o corpo também estará.

Portanto, a melhor forma de sanar as dúvidas é conversar com um bom profissional.

Na Clinodente, contamos com uma equipe altamente especializada. Contate a clínica mais próxima e não adie seu tratamento!