O aparelho dentário requer cuidado especial do paciente?

Atendimento por Whatsapp

O tratamento ortodôntico se dá a partir do trabalho de um especialista de confiança e com autoridade no que faz. Muitas vezes, os pacientes chegam ao consultório com receio sobre o tempo pelo qual precisarão utilizar o aparelho dentário e a forma como será esse processo. Não há razão para medo. Mas é preciso deixar claro que esse é um tratamento de mão dupla.

Se por um lado é necessário contar com a expertise de um bom profissional, por outro é importante saber que a utilização do aparelho dentário requer cuidados especiais do paciente. Não é nada do além, mas seguir as orientações dadas pelo dentista irá contribuir para agilizar o tratamento e tornar seus efeitos mais visíveis e duradouros.

Abaixo, confira algumas dicas que você precisará seguir ao utilizar o aparelho ortodôntico.

Escolha bem os seus alimentos

O uso do aparelho dentário exige algumas mudanças alimentares. Alguns alimentos duros devem ser evitados, isso porque, quando eles são muito duros – como nozes e amendoins  – podem provocar a soltura ou a quebra do aparelho, deformando os braquetes e os fios. Dê preferência a alimentos mais macios.

Se a sua dieta exigir algum produto mais duro, busque outras formas de consumi-lo – triturando ou fazendo sopas, por exemplo. Assim você não se priva em sua alimentação e, ao mesmo tempo, mantém o cuidado com o seu tratamento.

Além destes alimentos duros, doces muito grudentos, caso dos chicletes, por exemplo, também podem ser prejudiciais. 

Por isso, tenha cuidado. O ideal é optar por alimentos de fácil mastigação e em pedaços.

Mantenha a escovação em dia

Se quem não usa aparelho já deve cuidar a escovação e fazê-la corretamente, quem faz tratamento ortodôntico deve redobrar a atenção.

Uma boa escovação é fundamental durante o tratamento ortodôntico para manter o aparelho dentário bem conservado.

Com a utilização dos braquetes, o acúmulo de resíduo aumenta significativamente. Assim, mantenha a escovação após todas as refeições.

A par da escova de dentes tradicional, invista em uma interdental, que proporciona uma limpeza mais correta da área em torno dos braquetes e entre o fio metálico e o dente.

Conte com a cera ortodôntica

Em alguns casos – principalmente no início da utilização do aparelho dentário – a mucosa da boca pode ficar machucada. Por esse motivo, tenha sempre com você uma cera ortodôntica.

É um produto que você irá aplicar em pequena quantidade no local afetado. Se o machucado for grande, consulte o seu dentista e peça orientações.

Não abra mão do fio dental

Durante o tratamento ortodôntico, o fio dental às vezes vai ficando de lado. Isso pode estender o tempo do seu tratamento e comprometer os resultados. Não deixe a preguiça vencer na hora de fazer a higienização bucal.

No meio dos dentes é que se instala boa parte dos resíduos de alimentos e ali ficam acumulados. Isso causa doenças bucais como periodontite, cárie e gengivite. É o fio dental que vai evitar esse tipo de problema e garantir a saúde dos seus dentes e de sua boca durante a utilização do aparelho ortodôntico.

Mas não se preocupe. O primeiro passo para conquistar o sorriso perfeito – tanto em questões estéticas quanto de saúde – é conversar com o seu dentista. É ele quem vai orientá-lo sobre os cuidados necessários para o seu caso especificamente.

Dicas finais para quem vai iniciar o tratamento ortodôntico

O alinhamento dos dentes e os problemas de mordida são alguns dos
principais motivos pelos quais as pessoas buscam o tratamento ortodôntico.

Mas o fator estético não é a única razão para utilizar o aparelho.

Com frequência, nossos profissionais atendem pacientes que apresentam dores de cabeça, dificuldade de mastigação, má respiração e até mesmo disfunções da fala. Todos estes problemas podem ser decorrentes de problemas no posicionamento dentário.

Corrigir o sorriso significa não só melhorar a saúde, mas elevar a autoestima do paciente. Afinal, os dentes são cartão de visita!

Indicado de crianças a adultos, a duração do tratamento com aparelho
ortodôntico sempre dependerá da complexidade do caso, que deve ser diagnosticado e acompanhado por um dentista especializado em ortodontia, o ortodontista.

Pretende iniciar seu tratamento ortodôntico? Então confere:

1) Reveja hábitos

Roer unhas e morder tampinhas de caneta são manias que você deve
apagar da rotina. Objetos não apropriados para a boca podem danificar o aparelho e atrapalhar no tratamento, além de causarem possíveis
lesões.

2) Não se esqueça da língua

Ela é uma superfície que retém resíduos alimentares. Quando você não
escova a língua, a saúde bucal poderá ser prejudicada. E o mau hálito
com certeza marcará presença.

3) Evite desconfortos após a manutenção

Após a manutenção do aparelho ortodôntico em consultório, é comum
que o paciente sinta um leve desconforto.

Isso porque o aparelho terá sido “apertado” para continuar cumprindo seu papel no realinhamento dentário.

Quando isso ocorrer, opte por alimentos pastosos ou líquidos.
E se por ventura algum bráquete machucar sua bochecha, não deixe de usar a cera ortodôntica, conforme falamos acima.

Ela evita possíveis feridas e incômodos.

4) O aparelho móvel também é importante

Em geral, a última etapa do tratamento ortodôntico contempla o uso de
um aparelho móvel, em períodos determinados pelo ortodontista.

É fundamental para a conclusão do tratamento o uso correto deste aparelho.

Cabe ao paciente o comprometimento e cuidado. Deixe sempre o aparelho móvel em seu estojo identificado, a fim de evitar danos a ele.

Está na hora de parar de adiar seu tratamento ortodôntico!

Saúde bucal em dia é fundamental para seu bem estar e autoestima.

Agende uma avaliação na Clinodente mais próxima. Nossos ortodontistas estão à sua espera!