Clareamento dental agride o dente?

Atendimento por Whatsapp

A busca por clareamento dental cresce a cada ano. Embora não haja pesquisas formais sobre o tema, é consenso entre os profissionais da odontologia que esse é um dos mercados que mais cresce na área. Ter um sorriso não só alinhado, mas com dentes brancos, se tornou prioridade no check list estético de muitas pessoas. Mas é comum a dúvida: clareamento dental agride o dente?

Para começar a responder essa pergunta é preciso chamar atenção para algo muito importante: embora o clareamento pareça um procedimento apenas estético, ele é também uma questão de saúde e deve ser feito de forma muito criteriosa. Por mais atrativos que pareçam alguns preços de tratamentos caseiros não certificados, eles podem, no fim das contas, custar não só o seu dinheiro, mas também a sua saúde bucal.

É crucial que você consulte um profissional para obter orientações seguras sobre como realizar o clareamento no seu caso. É ele quem irá dizer qual o melhor método para você, qual a frequência de sessões ideal, qual a concentração correta para cada aplicação e até que grau de branqueamento você poderá chegar.

O clareamento é realizado com a utilização de produtos químicos, como o peróxido de hidrogênio e o peróxido de carbamida. Hoje em dia é possível fazer o procedimento de duas formas: no consultório do dentista, que irá realizar as etapas necessárias para a aplicação correta do gel branqueador, ou em casa, com a utilização de moldeiras e o gel. Seja qual for a sua escolha, ela precisará ser acompanhada por um profissional.

E o que esse gel faz? Ele é o responsável por liberar partículas de oxigênio que irão destruir o pigmento amarelado. O que acontece é um processo de oxirredução, quer dizer, a reação é causada por um ácido. E é isso que leva muitos a se perguntarem se o tratamento é agressivo com os dentes.

Mas a resposta é não. Na verdade, esse é um mito. Tanto é que há muitos dentistas sérios e renomados trabalhando com essa técnica – atualmente é difícil encontrar um consultório que não faça o clareamento.

Embora o gel utilizado seja capaz de destruir as manchas amarelas do seus dentes, ele não tem a mesma capacidade sobre a estrutura dental. Dessa forma, age única e exclusivamente sobre a pigmentação escurecida, não oferecendo nenhum dano ao dente.

Já a sensibilidade pode, sim, ocorrer em alguns pacientes. Isso acontece por causa da dentina, que é uma região nervosa responsável pela coloração dos dentes, e ela pode apresentar alguma sensibilidade, assim como acontece, por exemplo, com algumas pastas de dente.

Há algumas situações em que você precisa tomar cuidado quando decidir fazer o clareamento. Afinal de contas, ele possui contraindicações. Se você estiver fazendo algum tratamento de saúde debilitante, não pode clarear os dentes agora. Gestantes também devem esperar para realizar o procedimento. Outra contraindicação é para pessoas que têm dentes muito restaurados. Nestes casos, o gel clareador não consegue agir sobre a resina, e assim não se obtém o clareamento esperado. O mesmo vale para quem possui próteses e implantes.

Ficou com dúvidas? Entre em contato conosco que iremos auxiliá-lo!