Aparelho móvel vs. Fixo: para quais casos são indicados?

Atendimento por Whatsapp

Quando o assunto é aparelho ortodôntico existem tantas opções que às vezes fica realmente difícil saber quais são as suas finalidades, não é mesmo?

O importante é entender quais são os casos em que se deve usar cada um deles, pois, apesar de todos terem como objetivo principal manter o seu sorriso lindo e alinhado, cada um tem a sua aplicação.

Continue a leitura para conhecer mais sobre aparelhos fixo e móvel.

Como saber qual aparelho devo usar?

Primeiramente, quem vai determinar qual é a necessidade de cada um é o ortodontista.

Se você é uma pessoa preocupada com a sua aparência, deve consultar regularmente o dentista, certo?

Nesta consulta, o profissional irá te indicar para o especialista, que vai avaliar e pedir uma série de exames para verificar qual o principal problema a ser resolvido.

1

Quando usar aparelho fixo?

aparelho fixo é aquele com os braquetes metálicos e as borrachinhas coloridas, sabe?

Com o passar do tempo e a ascensão de novas tecnologias, surgiram também os aparelhos estéticos,  que por serem transparentes, são mais discretos.

O único senão destes tipos de aparelhos fixos é que os tratamentos tornam-se mais longos.

Se quiser, saiba melhor sobre as diferenças entre os aparelhos.

De forma geral, o aparelho fixo é o mais utilizado.

Principalmente para quem precisa de um tratamento mais intenso, já que sua principal função é a de fazer a movimentação dos dentes em um alinhamento correto da sua mordida, tendo resultados mais efetivos.

O tempo de duração do tratamento com o aparelho fixo depende muito do caso de cada paciente, pode variar de meses a até anos.

O ideal é o quanto antes procurar um dentista para este procedimento, assim você vai conseguir manter sua saúde em dia e seu sorriso alinhado.

2

Quando usar aparelho móvel?

Geralmente, o aparelho móvel é recomendado para uso logo após a retirada do fixo, ele serve como uma continuação do tratamento.

É indicado para quem precisa de reparos mais leves, pois o fato do paciente poder retirar o aparelho a qualquer momento pode comprometer os resultados.

Então, ficou com alguma dúvida? Entre em contato!